Publicado em

10 coisas para fazer com vinho além de beber

Higienizar vegetais? Limpar vidro? O que mais fazer com aquele vinho que sobrou, estragou ou ninguém gostou? Jogar fora, nunca mais! E, depois que o líquido já tiver sido utilizado, o que fazer com as garrafas e as rolhas? Muita pergunta pra pouca resposta? Vem cá que a gente já responde todas elas!

1) Lave os seus vegetais e limpe as coisas

Você sabia que o álcool contido no vinho remove impurezas melhor do que a água e ainda mata bactérias do tipo E dos seus vegetais? Basta colocar o vinho em um borrifador de água e “lavar” a sua salada.
Além disso, ele também pode ser utilizado para outros tipos de limpeza, como na cozinha, por exemplo. Sabe aquela gordurinha que insiste em ficar no fogão? Ou aquele vidro que insiste em ficar embassado? O álcool do vinho combinado à sua acidez ajuda a remover manchas e matar germes. Atenção: não é recomendado usar em materiais como granito, pode manchar.

2) Limpe a sua pele

Use o que sobrou do vinho da noite para fazer uma limpeza na sua pele! Você pode usá-lo como tônico, basta embebedar um algodão e espalhar pela rosto. O vinho contém cerca de 3 mil mg/L entre taninos, antocianinas e flavonas, substâncias fenólicas que fazem parte dos ativos antioxidantes importantes para evitar a formação de radicais livres sobre a epiderme. Isso significa que ele evita o envelhecimento precoce da pele! Além de tudo, quase 15% do vinho é formado de açúcares, como a glicose e a frutose, que agem como hidratantes naturais e evitam o ressecamento.

3) Faça vinagre

Sabe aquele vinho que está indo de mal a pior, morrendo ou que você já comprou estragado? Ele pode ser um ótimo vinagre! Em vez de comprar um vinagre de vinho, use o próprio. E se tiver só um pouquinho do vinho estragado, você pode acrescentá-lo a algum vinagre fresco.

4) Deixe o câncer longe de você

Deixe a carne marinando no vinho por seis horas e mantenha o câncer longe de você. O vinho que penetra na carne pode reduzir em até 90% os compostos que provocam câncer durante a fritura ou cozimento. Além disso, isso também pode deixar a sua carne mais suculenta e saborosa.

5) Gelo

Sabe aquele vinho que você quer usar para fazer uma receita daqui alguns dias? Para que deixar a garrafa ocupando espaço se você pode, simplesmente, transformá-lo em gelo? Despeje o vinho sobre uma forminha de gelo e quando for usá-lo, lá está! Simples, fácil, rápido e sem ocupar muito espaço.

6) Geleia ou sagu

Aquele vinho que sobrou e já está lá guardado de dois a três dias, pode ser uma excelente base para sua geleia caseira. Basta adicionar água, pectina e frutas nele e você já está a meio caminho de ter uma geleia. Uma dica? Cabernet Sauvignon dá um excelente toque a ela, afinal, as notas frutadas do vinho agregam charme e sabor. Mas se você prefere mesmo o sagu, basta comprar as macias bolinhas e cozinhá-las no vinho.

7) Abajour, vela, pisca-pisca – luzes em geral

Pronto, o vinho acabou. E agora? Jogo a garrafa fora? Não! Ela pode virar a base para um abajour, ela pode virar uma luminária com pisca-pisca dentro ou uma linda vela artesanal.
Para fazer um abajour, você precisará de um bocal, uma lâmpada, uma cúpula e uma ajudinha de alguém que entenda de eletrecidade.
A luminária de pisca-pisca já é um pouco mais fácil. Basta fazer um furo perto da base da garrafa, onde passará o fio que ligará na tomada e enfiar todo o pisca-pisca dentro da garrafa por esse furo, deixando apenas a parte a ser ligada na tomada para fora.
Por último e mais simples, as velas. Basta encaixar uma vela comum no bocal da garrafa e deixá-la sempre acesa. Ela vai derretendo e formando camadas de parafina sobre a garrafa. Geralmente é visto em enotecas e restaurantes com decoração inspirada em vinho.

8) Painel de rolha

Uma base de alumínio ou madeira, muitas rolhas e cola quente. Pronto, é tudo que você precisa para ter um lindo painel. Você pode escolher colar as rolhas pela base delas ou pelas laterais. Depois de pronto, é só usar tarraxas ou alfinetes para pendurar fotos, recados, mapas… O que você quiser.

9) Cozinhar

Use vinho até para cozinhar! Alguns pratos levam a bebida na receita e, cá entre nós, as receitas que levam vinho no preparo, são “de comer rezando”, como diriam nossos avós. Mas engana-se quem pensa que todo o álcool evapora no cozimento, a verdade é que pratos cozidos chegam a reter até 80% do álcool e um flambado, 70%. Essa quantidade só cai para 5% quando chega a 2h30 no fogo.

10) Arranjos com flores

Faça um arranjo com as suas garrafas vazias. Para isso, basta utilizar flores que não precisem de água. Envolva os caules com uma fita adesiva ou barbante para que passem pelo bocal da garrafa e pronto! Está feito um arranjo. Você pode brincar e juntar três garrafas passando uma fita larga em volta delas ou usar uma só. Basta usar a criatividade.

Deixe uma resposta